7 coisas que você precisa saber sobre joelheiras de Motocross

1. Acidentes

Muitos pilotos acreditam que as joelheiras de Motocross são ideais para quem já possui problemas na região. Isso já foi considerado por muitas pessoas há anos quando o equipamento era feito para esse uso. No entanto, com o passar do tempo, empresas diversas perceberam a necessidade de oferecer proteção para prevenir acidentes nos joelhos. Acidentes nos joelhos somam 8% do total de problemas que os pilotos off-road acabam tendo e a lesão mais comum é a que acontece no ligamento cruzado anterior. Apesar do número não ser tão alto, o tempo de recuperação desse tipo de acidente é de aproximadamente seis meses. Os protetores de plástico protegem contra impactos, mas isso não acontece contra danos no ligamento. Pesquisas mostram que as joelheiras reduzem as lesões no ligamento cruzado anterior em 50%.

2. Peso

Joelheiras tradicionais foram desenvolvidas para tratamento médico. No entanto, hoje em dia, elas são utilizados para a segurança e melhor performance no esporte. Isso significa que possuem menos partes móveis, maior leveza e bastante resistência.

3. Movimento

As joelheiras aguentam os movimentos do piloto e não limitam ou restringem a sua habilidade de correr. É claro que o equipamento pode limitar o seu alcance se você quiser. Lembre-se, no entanto, de que ele é colocado de maneira errada ou possui o tamanho errado, o equipamento não é efetivo como deveria. É importante ler as instruções de uso e adquirir um produto que seja do tamanho correto.

4. Na hora de pilotar

Todo piloto sabe que usar joelheiras de Motocross pela primeira vez parece algo bastante esquisito. O espaço entre os joelhos e a moto também muda, o que atrapalha a percepção na hora da competição. É preciso superar essa sensação estranha até se adaptar aos poucos ao equipamento. Isso passa em pouco tempo e logo será possível usar as joelheiras sem nenhum problema.

5. Alças

A maioria das joelheiras de Motocross possui quatro alças. E apenas duas delas fazem boa parte do trabalho de proteção. As alças acima e abaixo do joelho são as mais importantes, já que fornecem suporte para que a articulação dissipe as forças. As outras duas oferecem alavancagem e suporte. A recomendação é colocar as alças seguindo uma ordem: primeiro aquela que fica abaixo do joelho e depois a de cima. Depois, coloque a que fica na coxa e, por fim, a que fica abaixo da panturrilha.

6. Crianças também devem usar

Lesões nos joelhos das crianças podem atrapalhar o crescimento e o desenvolvimento delas. Pais devem levar o assunto a sério – tanto quanto os capacetes, botas e protetores no peitoral. Muitas marcas oferecem joelheiras para crianças, que também promovem a segurança dos pilotos mirins.

7. Nem todas são iguais

Os equipamentos são, sim, criados diferentemente e podem se adaptar de maneiras distintas com cada porte físico. Se há dúvidas sobre o assunto, o indicado é fazer pesquisas sobre marcas e produtos, além de experimentar inúmeros modelos de joelheiras de Motocross. Assim, será possível achar o produto certo para a segurança e melhor rendimento nas pistas.

Encontre a melhor joelheira de Motocross

Na Red Dragon Racing existem opções com design moderno e ótimo preço. Conheça o kit de proteção Twins e as joelheiras Red Dragon que fazem sucesso com os clientes. Quer encontrar outros produtos? Encontre outros produtos da marca em seu catálogo.

E fique por dentro de novidades da Red Dragon Racing pelo siteInstagram e Facebook!